quarta-feira, 23 de junho de 2010

Desculpa lá, é meu marido

Quando a decisão de fazer o Mestrado apareceu, muita coisa na nossa vida se moveu em torno, por causa e para isso. Acabamos de terminar o ano letivo do curso. Professores, trabalhos, aulas ficam agora para trás. Hora de dissertar. Recebemos excelentes notícias nesta semana. O professor que queríamos como orientador desde o primeiro semestre aceitou aos dois como orientados. Se Deus quiser, começamos a trabalhar em julho mesmo. Além disso, a Nova de Lisboa aprovou nosso pedido em algumas modificações na dissertação, o que vai nos ajudar no reconhecimento do diploma no Brasil.

Para completar, o artigo do meu super marido no seminário de Gestão de Imagem foi publicado no blog do nosso professor. Ele passou dois meses trabalhando concentrado nele e o artigo ficou muito, muito bom. Vocês não precisam acreditar em mim. É só ir lá e conferir: http://gi-unl.blogspot.com/2010/06/um-artigo-de-paulo-junior-pinheiro.html. Paulo analisou o encontro entre humor e política em um objeto completamente lusitano, o programa televisivo Gato Fedorento Esmiúça os Sufrágios. Sufrágios é como chamam as eleições aqui. Vou só dizer ainda que o Paulo ficou com a nota mais alta da sala e não falo mais nada, porque vocês são capazes de me chamar de babona...

2 comentários:

Eleni disse...

E agora me digam: Não é para ter orgulho do meu genro? Tenho o maior carinho e admiração por ele!
Beijos, queridos.

Paulo Jr. Pinheiro disse...

Obrigado pelas palavras, minha sogra! Por sinal, para que fique registrado aqui no blog, toda feliciade do mundo hoje, dia de seu aniversário. Parabéns e tudo de bom!!