quinta-feira, 31 de maio de 2007

Maior, melhor e sem Zezé

Como noiva obsessiva eu acompanho todos os casamentos das estrelas. Desde o vestido mini-saia de Scheila Carvalho (q Van tão gentilmente me enviou como sugestão) até a "camisola da Nanda" de Carolina Dickman (q Carol V achou a sensação).
Já estava me deprimindo com a lista de 700 convidados, 5 tipos de pratos e decoração com velas flutuantes da Wanessa Camargo quando ouvi o comentário "O vestido dela tá muuuuito sem graça". Mas olha só! A mulher vai fazer o vestido em Nova York com o estilista da Calvin Klein e o meu é muito mais bonito...(Maison Cris, ali perto do HiperBompreço). Inclusive, sem o véu mortalha.

Pensando bem, eu tenho certeza que a música que eu ainda não escolhi vai ser tão boa quanto Margareth Menezes e 3 DJs. E meus convidados não têm q portar convites com tarjas magnéticas nem sofrer com paparazzis. Sem contar que eu NÃO sou obrigada a dançar a música "É o amor" do Zezé Di Camargo e Luciano com meu recém marido.
PS: Uma das madrinhas pergunta a outras madrinhas se alguém tá pensando em ir de longuete )ela não quer ser a única)

4 comentários:

Juliana disse...

Devo confessar que gostei do vestido da Wanessa, mas odiei aquele véu.
Não tenho dúvidas de que sua festa vai ser muuuuuuito melhor do que todas essas das revistas.
Beijão!!!

Vilani disse...

Oi colega madrinha,
acho que nós madrinhas deveremos usar vestidos longos, não só para combinar com os padrinhos(ternos pretos e gravatas chumbo, chiquérrimos!) mas principalmente porque somos as convidadas especiais deste evento.

Eugênia disse...

Andei conversando com outras madrinhas e o longuete definitivamente tá liberado. bjs

Vanessa disse...

A Camarguete aí tava parecendo uma alma penada com esse véu, deus me livre. Se eu fosse o noivo eu dava uma carreira triste :) Olha aí, com as tuas pernocas aquele micro vestido da Sheila ia ser um sucesso!