segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Vaidades no frio

Quem me conhece sabe que eu não sou a pessoa mais vaidosa do mundo. Mas tem certas coisas que viram necessidade quando a pessoa muda de clima. Quando nós chegamos a temperatura ficava entre 15 e 25 graus, agora estamos indo de 13 a 19. A situação tá ficando complicada.

O primeiro alerta para os meus novos hábitos veio da Talita: "Tu já comprou o secador ou trouxe do Brasil?". "Olha pra minha cara, Talita, eu lá uso isso!" (reagi quase ofendida e fazendo cara de mulher superior). "Ô antinha, e quando tiver fazendo zero graus e tu quiser lavar o cabelo vai fazer o quê? (reagiu a Talita mostrando uma sabedoria que eu não tinha alcançado). Lá fui eu comprar o secador de cabelos, meu primeiro na vida.

Outra compra que precisou ser feita foi de roupa para frio. A Zara e a C&A daqui foram consultadas e nós compramos casacos para um frio, digamos, mais punk. E roupa de dormir com calça e manga comprida, coisa que não teria nem em sonho no Ceará. Para completar, um par de botas porque sandália tá fora de cogitação até janeiro.

Superada esta fase, eu olho para os meus braços e um susto: minha pele tá tão seca que está descascando! Imagine as pernas. Como pode? Explicação: a umidade do ar aqui é baixa pra caramba. Lá vou eu me banhar de hidratante diariamente e usar manteiga de cacau nos lábios direto.


E nesta semana eu fui viver minha primeira experiência em salão de beleza. A cera que eles usam é uma rosa, que não precisa usar perlon, ela endurece e puxam a cera mesmo. Dói mais mesmo com cera quente. Me deu muita, muita saudade da Adriana em Fortaleza. Melhor depiladora do mundo. A depiladora daqui foi mais ou menos simpática ou mais ou menos antipática, dependendo do otimismo de quem encare. "De que é feita a cera da senhora?", ela: "Não sei, já vem pronta. Claro". "Sim, minha senhora, mas quais os compenentes?", ela: "Não sei". Aí a pessoa respira muito fundo e pensa que esta mulher vai estar com o poder de lhe causar muita dor em poucos minutos. "Minha querida senhora, e como eu sei que não vou ter alergia a cera?", ela: "Ah, é isso? Eu testo um pouquinho". Felizmente eu não tinha alergia. Nem à cera nem à depiladora.

4 comentários:

Marco disse...

Ainda bem que eu não tenho que passar por isso, benza Deus!


E cadê as aventuras com o Saramago?! Quero ainda mais detalhes! Hehehehe Beijos do amigo

Eleni disse...

Oi queridos,
Frio de zero grau? Não consigo nem me imaginar numa situação desta... Deus proteja vocês. E haja casacos...
Gena, cuidado ao usar este secador, minha filha... Já estou preocupada.
Beijos.

Anônimo disse...

Eugênia, eu te chamei de antinha? Não acredito que fui capaz de tamanha indelicadeza ;p hehe

Eugênia disse...

Tá, mas só quem é realmente minha amiga pode, então tu tá podendo...rsrs